Uma plataforma única para a divulgação da sua empresa!

Saiba como >>

Director
José Alberto Soares Editora Executiva
Sofia Filipe Redacção Rui Miguel Falé
Bruno Dias
Manuel Moreira
Paula Pereira
Colaboradores
David Carvalho
F. Castro
Director Comercial
Miguel Ingenerf Afonso Assistente Comercial
Sandra Morais Directora de Marketing
Ana Branquinho Publicidade
Patrícia Branco
Director de Produção
João Carvalho Director de Produção Gráfica
José Manuel Soares Director de Multimédia
Luís Soares Ilustração
Joa Fotografia
Ricardo Gaudêncio (Editor)
Jorge Correia Luís
José Madureira
Revisão Ciêntifica
JAS Farma®

Apoios


Saúde Pública<sup>®</sup> 81 / Junho de 2009 Edições Especiais Saúde Pública<sup>®</sup> 2 / Setembro de 2008
Mundo Médico<sup>®</sup> 63 / Março de 2009 Edições especiais Mundo Médico<sup>®</sup> 109 / Março de 2009
Mundo Farmacêutico<sup>®</sup> 40 / Maio de 2009 Informação SIDA<sup>®</sup> 74 / Maio de 2009
HematOncologia<sup>®</sup> 5 / Abril de 2009 Jornal Pré-Congresso 4 / Abril de 2009
Jornal do Congresso 68 / Junho de 2009 Jornal Diário do Congresso 44 / Junho de 2009
Saúde em Dia<sup>®</sup> 6 / Maio de 2009 <i>Outros Projectos</i> 2 / Abril de 2009
 
destaque

Artigo de Medicina e Saúde®

Nº 117 / Julho de 2007






42 Nutrição - Erros alimentares dificultam a dieta
Com o Verão não chega somente o calor e a vontade de ir para a praia. Para muitos, surge igualmente a vontade de perder peso rapidamente. É, no entanto, necessário ter cuidado com erros que dificultam os efeitos de qualquer método para emagrecer.


«Como emagreci 29 quilos em pouco mais de 2 meses», «Perca peso, pergunte-me como», «Emagreça e ganhe saúde», «12 quilos em duas semanas», «Emagreça naturalmente». A lista poderia ocupar a página inteira. Uma lista de excertos de textos ou frases soltas destinadas a quem pretende perder uns quilos a mais. Encontram-se em toda a parte, desde folhetos distribuídos na rua, passando pela imprensa escrita, até à Internet. A maioria aumenta em número e na forma de se evidenciar na época estival. Não é por acaso. Afinal, o calor apela ao uso de roupas que deixam a descoberto certas zonas corporais, sendo quase sempre aquelas onde é notória a gordura.

Existem, pois, diferentes métodos que preenchem os mais variados requisitos. Todavia, quem pretende emagrecer deve, em primeiro lugar, consultar um especialista. Este certamente saberá quais os melhores procedimentos e produtos para perder peso, adequados a cada situação.

Para muitos, a vontade de perder peso e gordura localizada sobrepõe-se a atitudes mais acertadas, nomeadamente, os erros alimentares, que estragam qualquer método para perder peso...

Erros a evitar

Não comer é talvez dos actos mais erróneos no que toca a eliminar a gordura inestética e indesejada. Excluir o pequeno-almoço, comer apenas uma sopa ou uma sandwich ao almoço e jantar mais tarde pode resultar mal.

O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia e deverá fornecer cerca de 25% das calorias diárias ao organismo. Além disso, chegada a hora de almoçar, a fome será intensa e a escolha da dose e dos alimentos não será regrada. O segredo está em fazer entre cinco a seis refeições por dia, designadamente, pequeno-almoço, refeição ligeira a meio da manhã, almoço, lanche a meio da tarde, jantar e/ou ceia.

É necessário considerar o que se ingere entre as principais refeições. Por exemplo, um iogurte ou uma peça de fruta são mais saudáveis que um chocolate ou um bolo com creme. O intervalo entre as refeições não deve exceder as cinco horas. Desta forma, por um lado, evita-se o consumo abusivo durante os pratos principais; por outro, dá-se ao organismo doses regulares de nutrientes, que são utilizadas ao longo do dia.

Comer depressa demais é outro erro comum, sobretudo porque não há tempo de se instalar a sensação de saciedade, o que leva a repetir. Mastigar lentamente ajuda a obter a dita saciedade ao mesmo tempo que facilita a digestão, uma vez que os alimentos são triturados adequadamente.

No que diz respeito às bebidas, deve-se evitar o consumo abusivo de refrigerantes. As bebidas alcoólicas são igualmente para ignorar, pois são altamente calóricas e em «doses industriais» prejudicam a saúde.

Muitas vezes excluído, o leite é uma fonte de proteínas, é rico em minerais, contém hidratos de carbono e, entre outras propriedades, ajuda a prevenir doenças como a osteoporose. Não deve ser descurado, podendo optar-se pelo meio-gordo ou magro.

Por último, mas não menos importante, a água deve estar presente em qualquer dieta. Não tem calorias e, consequentemente, não engorda. É indispensável para o bom funcionamento do organismo e deve-se beber, em especial fora das refeições, cerca de dois litros por dia.


Texto: Sofia Filipe
ver comentários (0)

Deixe o seu comentário sobre este artigo